publicado por Mundo Digital | Domingo, 13 Maio , 2012, 02:45

Entidade religiosa afirma que compartilhamento de arquivos é sagrado. Instituição já realizou até seu primeiro casamento

Você conhece a igreja do Kopimismo? O nome pode parecer estranho, e a proposta é mais curiosa ainda. Isso porque a entidade "prega" o compartilhamento de arquivos e representa seu Deus maior pelos símbolos CTRL + C e CTRL + V - o famoso "copiar" e "colar" no atalho do teclado.

A ideia partiu de um jovem estudante de filosofia de 19 anos na Suécia, que resolveu abrir a igreja para defender o direito sagrado ao compartilhamento de arquivos na internet. E engana-se quem acha que o projeto é só uma brincadeira: autoridades suecas aprovaram e reconheceram o Kopimismo como uma religião de verdade, no começo deste ano. Desde então, Isak Gerson, criador da instituição, vê a igreja receber milhares de adeptos pelo mundo todo.

Os mais recentes membros dessa novidade são uma dupla que realizou o primeiro casamento sob os mandamentos da crença. Em um vídeo, a religião prega que os recém casados devem "se copiar e remixar suas células de DNA para criar um novo ser humano".

 

 

Entre outros ideais da igreja do Kopimismo estão:

  • - A cópia de informações é éticamente legal
  • - A cópia digital é sagrada porque expande e aumenta a riqueza de informações
  • - Copiar ou remixar informações de outras pessoas é visto como um ato de respeito e forte expressão de aceitamento da fé Kopimistica
  • - A internet é sagrada
  • - O código é a lei

 


arquivos
links
pesquisar neste blog